be.Living

Educação étnico-racial na formação de professores da be.Living

Antes da volta às aulas,o início do ano da nossa equipe pedagógica é marcado por encontros de formação. São momentos em que refletimos sobre o nosso projeto político-pedagógico, planejamos o ano e nos sensibilizamos para questões relevantes que emergem do cotidiano com as crianças.

Para este começo de 2019, escolhemos pensar com maior profundidade sobre educação étnico-racial, invisibilidades sociais e a escola como um dos primeiros espaços em que as diferentes visões de mundo são construídas.

A arte-educadora Juliana dos Santos apresentou para a equipe conceitos do racismo estrutural e institucional na educação brasileira e ressaltou a importância de conteúdos de artes como ferramenta para a desconstrução de estereótipos sobre a cultura afro-brasileira.

plugins premium WordPress